Licenciatura em Engenharia Elétrica

Apresentação

A função do engenheiro como gestor de processos e organizações industriais no campo da engenharia já era reconhecido desde o final do século XIX.

Com o passar do tempo e com os avanços tecnológicos, os diferentes ramos da engenharia foram delineados como graus específicos em mecânica, eletricidade, química, técnicas de energia, organização industrial, entre outras.

O curso de graduação em Engenharia Elétrica da Universidade Internacional do Cuanza , aqui apresentado, confere aos estudantes uma formação científica e tecnológica para atuar em equipes multidisciplinares capazes de desenvolver seu trabalho tanto em indústrias quanto em organizações públicas.

Nos dois primeiros anos é oferecida uma formação básica e obrigatória, destinada a formar um engenheiro generalista com conhecimentos de tecnologias específicas no campo elétrico, semelhante a outras universidades técnicas. Posteriormente, nos cursos seguintes, existe a possibilidade de escolher entre uma série de especializações que compõem um perfil único e particular do estudante.

Competências

Um profissional que conclua satisfatoriamente a licenciatura em Engenharia Elétrica, estará qualificado para:

  • Resolver problemas básicos de teoria de circuitos, máquinas e acionamentos elétricos.
  • Conhecer, compreender e utilizar os princípios da termodinâmica aplicada e a transmissão de calor na resolução de problemas de engenharia.
  • Conhecer os fundamentos básicos da eletrônica de potência.
  • Calcular e desenvolver instalações elétricas de baixa, média e alta tensão.
  • Relacionar as leis gerais da termodinâmicas, campos, ondas e eletromagnetismo e sua aplicação para a resolução de problemas próprios da engenharia.
  • Resolver problemas matemáticos e estatísticos que possam ser levantados na área da engenharia elétrica.
  • Conhecer, compreender e utilizar os princípios de automatização, sistemas de regulamentação e métodos de controle de processos na indústria.
  • Sustentar uma mínima conversação no idioma espanhol.
  • Conhecer os fundamentos da engenharia e resistência de materiais.
  • Introduzir a variável ambiental nos processos de produção na indústria.
  • Interpretar dados derivados das observações e medidas de laboratório e sua relação com a teoria.
  • Conhecer as técnicas de representação gráfica, tanto por métodos tradicionais de geometria métrica e geometria descritiva, como mediante das aplicações de projeto assistido por computador.
  • Conhecer os princípios básicos da mecânica de fluidos e sua aplicação na resolução de problemas na área da tecnologia da engenharia elétrica.
  • Conhecer, compreender e utilizar os principais de cálculo de estruturas e construção em projetos técnicos.
  • Gerenciar e dirigir projetos em todas as áreas.
  • Identificar os riscos em matéria de segurança e saúde laboral e planejar medidas preventivas e de controle nos lugares e equipes de trabalho.
  • Organizar e gerenciar eficientemente os sistemas de produção, fabricação e conhecimento de sua contribuição aos objectivos da empresa.
  • Conhecer o papel desempenhado pelos autômatos programáveis e métodos de controle em sua aplicação dentro da área da tecnologia da engenharia elétrica.
  • Conhecer os fundamentos da engenharia e resistência de materiais.

Saídas Profissionais

A formação multidisciplinar que o engenheiro elétrico recebe permite desenvolver sua atividade em qualquer área da engenharia e com dupla via: técnico e gestor.

Esta dualidade faz que estes egressos ocupem postos relacionados com a engenharia elétrica em todos os setores da indústria, abarcando projetos de PD&I de fabricação e engenharia do processo, assim como tarefas ligadas à qualidade do produto, ambiental e de segurança e saúde laboral.

Neste contexto, os campos de atuação de um engenheiro elétrico são muito variados:

  • Gestão e controle dos processos de produção: desenvolvimento, manutenção e utilização de produtos.
  • Engenharia e consultoria: projeto, pesquisa, desenvolvimento, modelização e otimização de processos.
  • Direção técnica e administradores de empresas industriais.
  • Outros campos: empresas de acreditação e certificação, entidades de aplicação e acompanhamento de programas de qualidade, centros de PD&I, entidades bancárias, de avaliação e seguros, e setor administrativo e educacional.

Formação Bilíngue

Formação para um mundo sem fronteiras

Inglês e Espanhol: fundamentais tanto para o presente como para o futuro

Atualmente, uma das ferramentas imprescindíveis na comunicação internacional e a chave que abre as possibilidades para encontrar um bom emprego, tanto em Angola como no restante do mundo é poder comunicar-se em idiomas como o inglês e o espanhol.

Em nosso país, 80% das ofertas de trabalho já pedem um excelente domínio de idiomas e, em muitas ocasiões, este critério é colocado acima de outros como o currículo ou a trajetória profissional.

Por isso, a Universidade Internacional do Cuanza considera a importância da aprendizagem de línguas entre os estudantes de graduação e incentiva-os a matricularem-se, desde o primeiro ano, nas turmas de reforço para concluir com êxito as disciplinas oferecidas em outros idiomas ao longo do curso.

Deste modo, independentemente de seu nível inicial, com um plano de apoio global baseado em tutorias, materiais específicos e grupos de trabalho muito reduzidos, o aluno pode acompanhar as aulas em um sistema bilíngue português/inglês e português/espanhol  de maneira progressiva e, ao finalizar os estudos, terá adquirido competências bilíngues para o exercício de sua profissão.

Titulação

Licenciatura em Engenharia Elétrica

Plano de estudos

SEMESTRE 1
DISCIPLINA HSEM
Física A 120
Matemática A 120
Espanhol I 120
TIC 120
Língua Portuguesa I 120
SEMESTRE 2
DISCIPLINA HSEM
Física B 120
Matemática B 120
Espanhol II 120
Desenho Técnico 120
Química A 120
SEMESTRE 3
DISCIPLINA HSEM
Matemática I 120
Física 120
Química 120
Sistemas de Representação Gráfica 120
Inglês I 120
SEMESTRE 4
DISCIPLINA HSEM
Matemática II 120
Engenharia de Materiais 120
Informática 120
Eletricidade e Eletrônica 120
Inglês II 120
SEMESTRE 5
DISCIPLINA HSEM
Tecnologia Elétrica 120
Mecânica 120
Fundamentos de Engenharia de Procesos 120
Estatística I 120
Matemática Numérica 120
SEMESTRE 6
DISCIPLINA HSEM
Ondas Electromagnéticas y Acústicas 120
Tecnologia Mecânica 120
Administração da Produção e Logística 120
Estatística II 120
Instalações Elétricas de BT e Luminotecnia  120
SEMESTRE 7
DISCIPLINA HSEM
Electrônica de Potência 120
Organização de Empresas  120
Gestão de Riscos Profissionais 120
Cinemática e Dinâmica de Máquinas 120
Instalações Elétricas de Média e Alta Tensão 120
SEMESTRE 8
DISCIPLINA HSEM
Eletrônica Digital 120
Direção de Sistemas de Informação 120
Tecnologia Ambiental 120
Eletrotecnica, Motores e Máquinas Elétricas 120
Resistência de Materiais  120
SEMESTRE 9
DISCIPLINA HSEM
Modelação e Simulação de Sistemas Elétricos 120
Projetos 120
Automação e Controle 120
Tecnologia Energética 120
Linhas Elétricas 120
SEMESTRE 10
DISCIPLINA HSEM
Estágio Curricular 360
Trabalho de Fim de Curso 240

Perfil de entrada

Definição dos requisitos necessários para acesso ao curso:

  • Comprovação de conclusão do ensino médio
  • Para a Licenciatura em Engenharia Elétrica o candidato deve ter feito o médio nas áreas de engenharia e tecnologias, ou ciências exatas
Pedir Informação
Informações