Licenciatura em Línguas Estrangeiras

Apresentação

O inglês é a primeira língua da comunicação mundial e, portanto, em vista da necessidade de as pessoas saberem comunicar-se nesse idioma, praticamente todas as instituições de ensino universitário oferecem programas de formação para professores de inglês como língua estrangeira. No entanto, a oferta existente nem sempre é de qualidade e, às vezes, está desatualizada.

A Licenciatura em Línguas Estrangeiras oferece uma excelente formação, em que teoria e prática são integradas e inter-relacionadas com o objetivo de formar profissionais para o ensino de inglês, capazes de planejar e exercer a docência com qualidade numa diversidade de contextos educacionais para refletir criticamente sobre o seu próprio desempenho docente e para aprender autonomamente ao longo da vida.

Competências

  • Incorporar de maneira adequada e integrada o desenvolvimento de competências linguísticas na aula de Inglês LE, focando o desempenho do aluno em situações comunicacionais concretas e promovendo o uso significativo e verossímil da língua.
  • Interpretar e aplicar de forma crítica e reflexiva o conhecimento linguístico, pragmático e cultural adquirido sobre o uso da língua inglesa em contexto no planejamento do processo de ensino e aprendizagem da língua inglesa LE.
  • Analisar as implicações didáticas que a didática do inglês LE/L2 pode ter sobre seu papel atualmente desempenhado como uma língua de comunicação global.
  • Integrar nas propostas didáticas para a aula de inglês LE os conhecimentos adquiridos sobre o conceito de interlíngua e interação na aula de língua estrangeira.
  • Planejar e avaliar o processo de ensino e aprendizagem do ensino do inglês LE no curto e longo prazo, tendo em conta o contexto do ensino, a abordagem metodológica, os planos de aula e os interesses, necessidades e estilos de aprendizagem dos alunos.
  • Integrar as TIC de maneira significativa e não arbitrária nas atividades do processo de ensino e aprendizagem do inglês LE e analisar criticamente os materiais digitais gerados nesse campo.
  • Introduzir a formação específica em estratégias de aprendizagem, sempre que necessário e de acordo com as necessidades dos estudantes, nos objetivos e conteúdos do programa e de cada unidade, e fornecer as ferramentas necessárias para aprender a aprender.
  • Conceber atividades de tradução no âmbito do ensino comunicativo da língua como ferramenta complementar para melhorar o processo de aprendizagem de inglês LE.
  • Analisar e avaliar seu desempenho docente e desenvolvimento profissional por meio de instrumentos como auto-observação, periódicos, autoavaliação, carteira de ensino etc.; identificar os aspectos que podem ser melhorados; e planejar e implementar um plano pessoal para melhoria e treinamento contínuo.

Formação Bilíngue

Formação para um mundo sem fronteiras

Inglês e Espanhol: fundamentais tanto para o presente como para o futuro

Atualmente, uma das ferramentas imprescindíveis na comunicação internacional e a chave que abre as possibilidades para encontrar um bom emprego, tanto em Angola como no restante do mundo é poder comunicar-se em idiomas como o inglês e o espanhol.

Em nosso país, 80% das ofertas de trabalho já pedem um excelente domínio de idiomas e, em muitas ocasiões, este critério é colocado acima de outros como o currículo ou a trajetória profissional.

Por isso, a Universidade Internacional do Cuanza considera a importância da aprendizagem de línguas entre os estudantes de graduação e incentiva-os a matricularem-se, desde o primeiro ano, nas turmas de reforço para concluir com êxito as disciplinas oferecidas em outros idiomas ao longo do curso.

Deste modo, independentemente de seu nível inicial, com um plano de apoio global baseado em tutorias, materiais específicos e grupos de trabalho muito reduzidos, o aluno pode acompanhar as aulas em um sistema bilíngue português/inglês e português/espanhol  de maneira progressiva e, ao finalizar os estudos, terá adquirido competências bilíngues para o exercício de sua profissão.

Titulação

Licenciatura em Línguas Estrangeiras

Plano de estudos

SEMESTRE 1
DISCIPLINA HSEM
Inglês I 120
Espanhol I 120
Linguística Aplicada e Sociedade 120
TIC 120
Lingua Portuguesa I 120
SEMESTRE 2
DISCIPLINA HSEM
Inglês II 120
Espanhol II 120
Informática Aplicada 120
Documentação Aplicada 120
Lingua Portuguesa II 120
SEMESTRE 3
DISCIPLINA HSEM
Inglês III 120
Espanhol III 120
Linguística Aplicada e Mente 120
Lingüística Descritiva 120
Lingua Portuguesa III 120
SEMESTRE 4
DISCIPLINA HSEM
Inglês IV 120
Espanhol IV 120
Linguística Aplicada à Educação 120
Edição e Revisão 120
Comunicação Especializada e Terminologia 120
SEMESTRE 5
DISCIPLINA HSEM
Ensino e Aprendizagem de Línguas estrangeiras (EAD) 120
Espanhol V 120
Estrutura e Significado das Línguas 120
Produção Idiomas B e C 120
Inglês V 120
SEMESTRE 6
DISCIPLINA HSEM
Linguística Aplicada à Empresa 120
Espanhol VI e Cultura espanhola 120
Linguística Aplicada à Tecnologia 120
Análise e elaboração de materiais didáticos para o ensino de línguas estrangeiras 120
Inglês VI 120
SEMESTRE 7
DISCIPLINA HSEM
Estágio Curricular I 240
Linguística de Corpus e Ferramentas de Análise Textual 120
Aprendizagem Integrada de Conteúdo e Língua 120
Métodos de Pesquisa 120
Inglês VII e Cultura Inglesa 120
SEMESTRE 8
DISCIPLINA HSEM
Estágio Curricular II 240
Trabalho Final de Curso 120
Diseño Curricular y programación de la enseñanza de inglés 120
Sociolinguística, Comunidade e Ideologia 120

Perfil de entrada

Definição dos requisitos necessários para acesso ao curso:

  • Comprovação de conclusão do ensino médio.
  • Para a Licenciatura em Relações Públicas e Marketing o candidato deve ter feito o médio nas áreas de ciências sociais, econômicas e jurídicas.
Pedir Informação
Informações