Licenciatura em Tecnologia Alimentar

Apresentação

O plano de estudos da Licenciatura em Tecnologia Alimentar da Universidade do Universidade Internacional do Cuanza , proporciona uma formação actual e de qualidade em todos os campos profissionais em que o técnico de alimentos pode actuar, destacando especialmente as matérias relacionadas com a segurança alimentar e sua gestão, com o processamento e a inovação no campo da criação de alimentos.

Os avanços tecnológicos e as novas descobertas científicas na área da nutrição e da tecnologia alimentar geraram uma grande demanda por profissionais formados neste ramo do conhecimento.

A Universidade conta com instalações modernas que permitem ao aluno desenvolver amplamente as competências práticas do tecnólogo de alimentos. Estas instalações incluem um laboratório de Bioquímica e Fisiologia, um de Bromatologia e Tecnologia dos Alimentos e, finalmente, outro de Tecnologia Culinária e Gastronomia.

Competências

O profissional que culmine satisfatoriamente a Licenciatura em Tecnologia Alimentar estará qualificado para:

  • Conhecer os conceitos básicos da química geral, orgânica e inorgânica para aplicar na resolução de problemas relacionados aos alimentos, assim como, conhecer as propriedades e implicações metabólicas dos principais compostos orgânicos e inorgânicos.
  • Descrever e aplicar os conceitos básicos de bioestatística e os métodos numéricos para resolver as equações dos problemas que se planteiam em Ciência e Tecnologia de Alimentos.
  • Compreender os conceitos básicos sobre leis gerais de mecânica, termodinâmica, ondas eletromagnéticas e higrometria aplicada a Ciência e Tecnologia de Alimentos.
  • Relacionar as funções e a conexão entre o sistema digestivo e endócrino, assim como a utilização metabólica dos nutrientes, regulação do balance energético e temperatura corporal.
  • Determinar e analisar as propriedades físico-químicas dos alimentos, seu valor nutricional, biodisponibilidade, características organolépticas, modificações que sofrem em consequência dos processos tecnológicos e culinários, assim como, sua composição, através da manipulação de tabelas de composição de alimentos.
  • Utilizar métodos específicos para a gestão de qualidade dos alimentos e seus processos de transformação, assim como detectar e prevenir perigos, para assegurar o controlo e a higiene da cadeia alimentaria.
  • Participar na planificação de políticas alimentarias destinadas a garantir a segurança alimentar da população.
  • Adquirir a capacidade de interpretar dados essenciais na língua inglesa no âmbito da Ciência e Tecnologia de Alimentos.
  • Conhecer e obter os balances da matéria e energia para calcular caudais, composições, temperaturas e necessidades energéticas dos processos da indústria alimentaria, assim como reconhecer e analisar novos problemas de transmissão de calor e separação e propor estratégias de solução.
  • Entender e gerir o ambiente administrativo das empresas do sector alimentar desde aspectos micro e macroeconômicos para obter uma melhoria da competitividade no âmbito da produção e investigação.
  • Aplicar os métodos de processamento e conservação dos alimentos de origem vegetal e animal, garantindo a qualidade do produto elaborado e seu valor nutricional.
  • Conhecer e aplicar as tecnologias da informação e comunicação como ferramenta de aprendizagem para o desenvolvimento e actualização na sua formação dentro do campo da Ciência e Tecnologia de Alimentos.

Saídas Profissionais

  • Análise de alimentos.
  • Gestão e controlo de qualidade em processos da indústria alimentícia, bem como no aproveitamento de subprodutos e gestão de resíduos.
  • Desenvolvimento e inovação de processos e produtos alimentícios.
  • Comercialização, comunicação e marketing alimentar.
  • Processamento de alimentos.
  • Assessoria legal, científica e técnica, tanto na área pública quanto privada.
  • Docência e pesquisa.
  • Consultorias e desenvolvimento de outras actividades em qualidade como profissional liberal.

Formação Bilíngue

Formação para um mundo sem fronteiras

Inglês e Espanhol: fundamentais tanto para o presente como para o futuro

Atualmente, uma das ferramentas imprescindíveis na comunicação internacional e a chave que abre as possibilidades para encontrar um bom emprego, tanto em Angola como no restante do mundo é poder comunicar-se em idiomas como o inglês e o espanhol.

Em nosso país, 80% das ofertas de trabalho já pedem um excelente domínio de idiomas e, em muitas ocasiões, este critério é colocado acima de outros como o currículo ou a trajetória profissional.

Por isso, a Universidade Internacional do Cuanza considera a importância da aprendizagem de línguas entre os estudantes de graduação e incentiva-os a matricularem-se, desde o primeiro ano, nas turmas de reforço para concluir com êxito as disciplinas oferecidas em outros idiomas ao longo do curso.

Deste modo, independentemente de seu nível inicial, com um plano de apoio global baseado em tutorias, materiais específicos e grupos de trabalho muito reduzidos, o aluno pode acompanhar as aulas em um sistema bilíngue português/inglês e português/espanhol  de maneira progressiva e, ao finalizar os estudos, terá adquirido competências bilíngues para o exercício de sua profissão.

Titulação

Licenciatura em Tecnologia Alimentar

Plano de estudos

SEMESTRE 1
DISCIPLINA HSEM
Língua Portuguesa I 120
Matemática A 120
Biologia celular e molecular 120
Química A 120
Espanhol I 120
SEMESTRE 2
DISCIPLINA HSEM
Fisiologia do Corpo Humano I 120
Matemática B 120
Microbiologia e Parasitologia dos Alimentos 120
TIC 120
Espanhol II 120
SEMESTRE 3
DISCIPLINA HSEM
Química General 120
Fisica A 120
Bioquímica 120
Estatística 120
Inglês I 120
SEMESTRE 4
DISCIPLINA HSEM
Química Orgânica 120
Fisica B 120
Nutrição e Metabolismo 120
Bioestatística 120
Inglês II 120
SEMESTRE 5
DISCIPLINA HSEM
Termodinâmica 120
Quimica e Bioquimica dos Alimentos 120
Bromatologia I 120
Técnicas Culinarias e gastronomia 120
Antropologia e Psicologia do Comportamento Alimentar 120
SEMESTRE 6
DISCIPLINA HSEM
Operações Unitárias I 120
Saúde Pública 120
Bromatologia II 120
Administração da Produção e Logística 120
Deontologia e Legislação Alimentar 120
SEMESTRE 7
DISCIPLINA HSEM
Produção de Matérias Primas Vegetais 120
Produção de Matérias Primas Animais 120
Higiene, Qualidade e Segurança Alimentar 120
Gestão da Empresa 120
Estagio Curricular I 120
SEMESTRE 8
DISCIPLINA HSEM
Processamento de Alimentos de Origem Vegetal 120
Processamento de Alimentos de Origem Animal 120
Intolerâncias e Alergias Alimentares 120
Tecnologia de Industrías Agroalimentarías 120
Epidemologia e Nutrição Comunitária 120
SEMESTRE 9
DISCIPLINA HSEM
Gestão de Resídos e Aproveitamento de Subprodutos 120
Otimização da Produção e Valorização de Alimentos 120
Biotecnologia Alimentar 120
Projetos 120
Higiene na Indústria Alimentar 120
SEMESTRE 10
DISCIPLINA HSEM
Embalagem e Vida Útil dos Alimentos Comerciais 60
Elaboração e Inovação na Alimentação 60
Estágio Curricular II 360
Trabalho de Fim de Curso 120

Perfil de entrada

Definição dos requisitos necessários para acesso ao curso:

  • Comprovação de conclusão do ensino médio;
  • Para a Licenciatura em Tecnologia Alimentar o candidato deve ter feito o médio nas áreas de engenharia e tecnologias, ou ciências exatas;
Pedir Informação
Informações